O sofá

Não é um sofá muito grande, mas dá para esticar e me soltar um pouco. 
Respiro fundo ,  fecho os olhos e  contrastando com o forte calor que  faz,   sinto a brisa leve e fresca do ventilador. 
E ali fico.
E penso. 
O que gostaria de ter dito.
 Que  apenas ficou na intenção.
 Não saiu. 
Limitei-me ao silêncio.

'Gosto de um sofá apertado, um colo para deitar,  um filme romântico ,  uma bacia de pipocas quentinhas e um abraço demorado,' era o que eu queria falar, mas obviamente  não falei.
Se tivesse falado as coisas poderiam ser diferentes.
 No entanto, tenho que  aceitar que as pessoas  não depositam esperanças e nem  permanecem, se não há qualquer razão para quererem.
E agora é tarde.

E é tarde mesmo, está na hora de ir dormir.
Mais um dia chega ao fim.  
Mais um dia que fico sozinho no sofá.
Se pudesse ter mais do que um neste sofá, melhor ...

... um dia eu troco o silêncio .  
Pela coragem de falar. 
°
[ repaginada, qualquer semelhança com fatos ou pessoas é uma mera coincidência, ou não!]
°

Obrigado,

Comentários

Descer Página
  1. Falar, colocar os sentimentos pra fora, na hora certa, sempre faz bem...Lindo te ler! abraços,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá, Feliz!
    A coragem vem do amor...
    Seja feliz e abençoado!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  3. Em minha vida, o silêncio não tem mail lugar ... Definitivamente a coragem para falar não me falta mais ...

    ResponderExcluir
  4. "... um dia eu troco o silêncio .
    Pela coragem de falar. " Então acho que poderei ser feliz e receber as boas palavras que direi de volta , então meu sofá será pequeno demais para dois (Deus me ouça).
    ps. Carinho respeito e abraço meu bom amigo Felisberto.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Subir Página